Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

MAMA, MAMA

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 MAMA, MAMA em Sex Set 28, 2012 7:03 pm

infinitize

avatar
Administração
Nome: MAMA MAMA
Número: 03
Criador: infinitize
Informações Adicionais: Achei muito linjo esse e o resto nas notas la
Notas: \/


TIREM OS CRÉDITOS E EU MATO VOCÊS.

Esse é bem mais simples, porque o personagem que eu uso com esse template é um garoto, e eu não gosto de coisas muito enfeitadas para garotos .-. Sei lá, prefiro mais simples. Enfim, uma dica é usar esse template se você for do tipo que escreve muito, porque não acho que ele fica muito bonito com pouca coisa escrita não. Mas enfim, eu queria pedir que avisassem aqui se alguém usar.





MAMA, MAMA
careless, careless, shoot anonymous, anonymous

Véi, minha vida é um completa e inegável bosta. Eu tenho a impressão de que já falei isso, mas não é como se eu me importasse. Foda-se, afinal. Quem não acordaria completamente irritado depois de cair da cama as 5:20 da madrugada? Além de tudo, estamos no meio da semana – e para mim, é impossível ser feliz sabendo que vou ter que enfrentar uma Quarta-feira. Quer saber? Foda-se o sono, e fodam-se as Quartas-feiras.

Depois de chutar tudo o que estava a menos de alguns metros de mim – inclusive o menino da cama do lado, que me ignorou e só se virou – pensei no que fazer as 5:20 da manhã. Bem, acho que meus companheiros de quarto estão começando a se acostumar com o meu doce temperamento que aflora de manhã, de tarde, e de noite. Essa frase ficou extremamente gay, mas foda-se isso também. Foda-se o Luke, e fodam-se os Turners. E é assim que é.

Depois de tomar um banho e me arrumar lá, pra de preferência não feder, e essas coisas que fazem as pessoas não chegarem perto de você, desci as escadas com meu doce entusiasmo. Na verdade, foda-se o fedor. E fodam-se as pessoas também.

E eu não sei porque, mas meu lado sarcástico gosta da palavra doce. Percebe-se que estou com um humor docemente sarcástico hoje. Eu deveria encontrar alguém para irritar, talvez assim eu consiga não ter um dia de bosta. A pessoa que eu decidir irritar, vai, provavelmente, se foder.

Assim que não vi ninguém no salão comunal, meus ombros caíram. Quem eu iria irritar agora? Eu teria que esperar até todos acordarem para isso? Resolvi pegar as coisas e ir pro salão principal logo, talvez eu conseguisse um canto da mesa da Sonserina onde eu poderia deixar minha cabeça escorada na mesa, e dormir um pouco mais. Afinal, porque eu levantei? Eu deveria só ter dormido de novo! Quer saber? Foda-se o sono, e foda-se o fato de que ainda é 6:25.

Assim que passei pela grande porta do Salão Principal, nem a comida estava ali ainda. Encontrei um canto, e rapidamente me aconcheguei – caindo no sono. No meu sonho, eu dormia.

Eu estava meio ciente meio inconsciente de que havia gente já na mesa. Sabe aquela sensação de que você morreu mas ainda tem noção do que acontece? Bem, eu morri. Até que um baque aleatório me fez pular – e perceber que já fazia algum tempo desde que eu pegara no sono.

Olhei para os lados, esperando encontrar alguém conhecido. Avistei, a poucos lugares de distância, Alexander – o qual eu ainda me recusava a chamar pelo apelido demente e completamente viado que deram para ele. Caminhei e fui me sentar do seu lado, o cumprimentando com um simples “Dia”.


TAGGEADOS • WORDS • WEARING • INFINITIZE @JM




Código:
[center]
<link href='http://fonts.googleapis.com/css?family=Life+Savers' rel='stylesheet' type='text/css'>
<center>
<div style="width: 450px; bacground-color: white;">
<div style='width: 400px; background-color: black; color: white; font-family: life savers;'> [size=24]MAMA, MAMA[/size] </div><div style="width: 400px; height: 250px; background-image: url(http://25.media.tumblr.com/tumblr_m25prxK4lE1roajo4o1_500.gif); border-top: 1px solid black;"></div><div style='width: 400px; background-color: black; color: white; font-family: life savers;'> careless, careless, shoot anonymous, anonymous </div>
<div style="width: 400px; padding: 10px; font-family: georgia; font-size: 11px; color: #121212; text-align: justify; letter-spacing: 2px;">Véi, minha vida é um completa e inegável bosta. Eu tenho a impressão de que já falei isso, mas não é como se eu me importasse. Foda-se, afinal. Quem não acordaria completamente irritado depois de cair da cama as 5:20 da madrugada? Além de tudo, estamos no meio da semana – e para mim, é impossível ser feliz sabendo que vou ter que enfrentar uma Quarta-feira. Quer saber? Foda-se o sono, e fodam-se as Quartas-feiras.

Depois de chutar tudo o que estava a menos de alguns metros de mim – inclusive o menino da cama do lado, que me ignorou e só se virou – pensei no que fazer as 5:20 da manhã. Bem, acho que meus companheiros de quarto estão começando a se acostumar com o meu doce temperamento que aflora de manhã, de tarde, e de noite. Essa frase ficou extremamente gay, mas foda-se isso também. Foda-se o Luke, e fodam-se os Turners. E é assim que é.

Depois de tomar um banho e me arrumar lá, pra de preferência não feder, e essas coisas que fazem as pessoas não chegarem perto de você, desci as escadas com meu doce entusiasmo. Na verdade, foda-se o fedor. E fodam-se as pessoas também.

E eu não sei porque, mas meu lado sarcástico gosta da palavra doce. Percebe-se que estou com um humor docemente sarcástico hoje. Eu deveria encontrar alguém para irritar, talvez assim eu consiga não ter um dia de bosta. A pessoa que eu decidir irritar, vai, provavelmente, se foder.

Assim que não vi ninguém no salão comunal, meus ombros caíram. Quem eu iria irritar agora? Eu teria que esperar até todos acordarem para isso? Resolvi pegar as coisas e ir pro salão principal logo, talvez eu conseguisse um canto da mesa da Sonserina onde eu poderia deixar minha cabeça escorada na mesa, e dormir um pouco mais. Afinal, porque eu levantei? Eu deveria só ter dormido de novo! Quer saber? Foda-se o sono, e foda-se o fato de que ainda é 6:25.

Assim que passei pela grande porta do Salão Principal, nem a comida estava ali ainda. Encontrei um canto, e rapidamente me aconcheguei – caindo no sono. No meu sonho, eu dormia.

Eu estava meio ciente meio inconsciente de que havia gente já na mesa. Sabe aquela sensação de que você morreu mas ainda tem noção do que acontece? Bem, eu morri. Até que um baque aleatório me fez pular – e perceber que já fazia algum tempo desde que eu pegara no sono.

Olhei para os lados, esperando encontrar alguém conhecido. Avistei, a poucos lugares de distância, Alexander – o qual eu ainda me recusava a chamar pelo apelido demente e completamente viado que deram para ele. Caminhei e fui me sentar do seu lado, o cumprimentando com um simples “Dia”.</div>

<div style='width: 400px; background-color: black; color: white; font-family: life savers;'> TAGGEADOS • WORDS • WEARING • INFINITIZE [url=http://just-me.directorioforuns.com][size=18][color=gray]@[/size][size=12]JM[/size][/color][/url]  </div>

</div></center>


_________________

always keep the faith


twitter tumblr vila
Ver perfil do usuário http://just-me.directorioforuns.com

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum